10/26/2006

10ª parte

dia de sol, hora de silkar e carimbar a parte de trás das árvores de madeira. uma hora de trabalho e um pouco de sujeira, tudo feito!


calor!


back to work


preparando a árvore


logos silkados...


...e endereço carimbado!


detalhe


detalhe

ontem fui comprar os vasos grandes para servir de suporte para as árvores. como havia um ferro-velho no caminho da floricultura onde comprei os vasos pequenos, passamos por lá pra ver se encontrávamos uma solução mais barata, já que este projeto não está sendo dos mais econômicos. entramos, um lugar imenso e imundo, desde fornos microondas até bebedouros enferrujados, encontrei diversos latões de óleo antigos que serviriam bem como base, desde que fossem cortados em 1/3 de sua altura original. o dono do local ofereceu cortar 5 latões com o maçarico, mas já imaginava que pretendia cobrar caro e se aproveitar da situação! enfim, desisti de levar os latões pelo preço oferecido, cobrou caro por um latão enferrujado e cortado no maçarico, passei na floricultura e encontrei vasos imensos pela metade do preço (e com direito a um descontinho da chinesa!).

o problema vai ser colocar cimento nisso, ver o peso e se vai sustentar a árvore...
(porque não fiquei só com os vasinhos?)


vasos grandes
o projeto:

despercepções faz parte do projeto de graduação interdisciplinar do curso de design gráfico no centro universitário belas artes de são paulo. a proposta de intervenção urbana visa um diálogo entre o tema e a proposta gráfica, onde o espaço urbano é o melhor suporte para a aplicação de um projeto de street art no campo de instalações urbanas.

o nome:

o nome despercepções faz uma alusão ao fato das pessoas pouco notarem a vegetação urbana ao seu redor, onde mesmo a preocupação do governo (?) em preservar o meio ambiente não é suficiente para que o cidadão perceba a sua presença e os benefícios que pode proporcionar.

os conceitos:

efêmero, interferente, subversivo, inusitado e invasivo. conceitos ligados aos projetos da street art por natureza, buscando intervir o meio urbano através da expressão artística das ruas, havendo uma relação direta entre ambos onde a arte urbana utiliza a cidade como suporte.

o autor:

linus oura tem 21 anos e atua como designer gráfico. reside na cidade de são paulo e simpatiza com o caos do ambiente urbano que o cerca, servindo de inspiração para seus projetos e viagens.
. contato

street art links:

. artbr
. base-v
. bomit
. stencil revolution
. street stickers
. streetsy
. urban installation
. wooster collective

. choque cultural
. fortes vilaça
. grafiteria

arquivos:

Outubro 2006 Novembro 2006